Sete dias da semana sem medo da notícia

Veja confirma: Ciro montou esquema de corrupção para receber propina no Governo Cid
Presidenciável parte para o ataque, mas não explica nada revelado pela revista
Ciro Gomes
07/09 8:40

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) é destaque, mais uma vez, da Veja que está nas bancas. A revista reafirma que o FG sabia e participava do esquema de corrupção na gestão do ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT).

A mutreta era simples. Empresas — como a JBS — que tinham dinheiro para receber do Governo do Estado, só teriam repasses depositados na conta depois que fizessem doações para o grupo político dos Ferreira Gomes. O montante era usado nas campanhas dos candidatos apoiados pela família nas Eleições de 2010 e 2014.

O propinoduto já havia sido delato na Lava Jato por Wesley Batista, dono da gigante de carnes. A jogada para conseguir dinheiro fácil também foi endossada pelo ex-tesoureiro nacional do PROS Niomar Calazans à revista. “Reafirmo o que falei: Ciro Gomes comprou o Pros no Ceará e sabia e participava dos esquemas de corrupção”.

Ataque

Sem saber o que dizer, Ciro optou pelo que sabe melhor fazer: acusar os outros do que ele acusado. “Que tal vocês imaginarem que eles compraram uma matéria caluniosa na revista Veja? Foram os dois juntos, o Temer e o Alckmin, todo mundo está sabendo”, disse o FG em sabatina promovida pela Folha de S. Paulo na última segunda.

Em tempo

Como bem percebeu a revista, Ciro não esclareceu quem era “todo mundo” e não explicou por que Temer e Alckmin se associaram quando, nas Eleições, andam brigando.

Leia matéria na íntegra da Veja

 



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados