Sete dias da semana sem medo da notícia

TCE desmente presidente da Câmara de Pacajus e nega relatório positivo sobre Flanky


query_builder

A assessoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desmentiu, nesta quinta-feira (5), o presidente da Câmara Municipal de Pacajus, vereador Júnior Chaves (PP), e negou que o órgão tenha fiscalizado a gestão do prefeito afastado Flanky Chaves (PP), no dia 26 de setembro de 2017, ou emitido relatório afirmando que a gestão de Flanky não cometeu irregularidades.

Júnior Chaves, irmão do Flanky Chaves e filho do ex-prefeito, também afastado, Zé Wilson Chaves, deu entrevista a uma rádio local, hoje, afirmando ter “em mãos” um documento do TCE afirmando que a situação da gestão do prefeito afastado Flanky não tinha qualquer irregularidades. O vereador chegou a parabenizar o irmão pela “transparência”.

“Está regular. Estou com a documentação em mãos, essa fiscalização é uma fiscalização eletrônica, foi feita no dia 26/9/2017 e na Câmara Municipal de Pacajus, no dia 28/9/2017”. Flanky Chaves e seu pai, o ex-prefeito Zé Wilson Chaves, e mais 14 pessoas foram afastados, no último dia 14, por improbidade administrativa em decisão da juíza Ricci Lobo de Figueiredo Filgueira, da 1ª Vara da Comarca do município.