Sete dias da semana sem medo da notícia

Sem quórum, Câmara adia leitura de parecer da denúncia contra Temer para agosto

Planalto vai usar o tempo para garantir votos para engavetar denúncia; oposição espera fato novo contra o presidente





query_builder

A Câmara dos Deputados voltou a adiar a leitura do parecer pela não admissibilidade da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB) por falta quórum. Eram necessários 51 parlamentares para a abertura da sessão, mas apenas 14 estavam na Casa. É a segunda vez que a leitura é adiada e deve ficar para a primeira semana de agosto, já que amanhã começa o recesso parlamentar.

O esvaziamento das sessões faz parte da estratégia da oposição para deixar manter o desgaste do governo Temer durante o recesso parlamentar. O Planalto deve usar o tempo para garantir os votos necessários para engavetar a denúncia, já a oposição trabalha para ganhar tempo à espera de uma nova bomba contra Temer.