Sete dias da semana sem medo da notícia

Seis deputados federais cearenses mudam de legenda na janela partidária
No âmbito nacional, DEM, PSL e Podemos são maiores beneficiários; PT e MDB tiveram mais perdas
09/04 10:16

Seis deputados federais cearenses trocaram de legenda na janela partidária que se encerrou na sexta-feira. Aníbal Gomes deixou o MDB e foi para o DEM; Danilo Forte mudou do DEM e agora é do PSDB; Adail Carneiro Carneiro saiu do PP e aterrissou no Podemos; Vicente Arruda deixou o PDT e entrou para o PR; Vitor Valim deu tchau para o MDB e agora é PROS; e Vaidon Oliveira saiu do DEM e também é PROS.

Todos eles fizeram a mudança sem risco de perderem o mandato por infidelidade.

Em matéria da Folha, Danilo Forte é apontado como um político que gosta de mudar de partido: foram quatro em quatro anos: MDB, PSB, DEM e PSDB. No último troca-troca, do DEM para o PSDB, ele estava há menos de quatro meses no Democratas.

“Eu mantive uma coerência. Não corri para o poder. No Ceará, o DEM está dividido e divisão não ajuda. Gosto de jogar na coerência e com time unido no mesmo propósito”, justificou-se Forte à Folha.

Em tempo

“Bem longe de questões ideológicas ou programáticas, o que move as migrações é, principalmente, melhores condições para que os deputados consigam a reeleição —dinheiro público para campanhas e controle dos diretórios regionais das legendas”, explica a matéria do jornal paulista.

No total, em todo país, mais de 80 deputados mudaram de partido.

Confira como ficaram as bancadas das legendas na Câmara



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados