Sete dias da semana sem medo da notícia

Primeira-dama de Uruburetama afirma ter seis vereadores, mas que não são comprados
"Dizem que se venderam, nenhum se vendeu", disse Graça Paiva. O Ceará News 7 acredita nela

Graça Paiva uma mulher sem vergonha de se abrir em público

query_builder

A primeira-dama de Uruburetama, Graça Paiva, que anda fazendo o papel de prefeito, com o sumiço do marido Dr. Hilson após a enxurrada de acusações de assédio sexual e estupro contra ele, é uma mulher sincera. Depois que Câmara salvou o médico, ela reconheceu o esforço dos vereadores que colaboraram com a impunidade. “Eu vim agradecer meus seis vereadores, pessoas que estão sofrendo. Dizem que se venderam, nenhum se vendeu”. O Ceará News 7 acredita nela.

Graça também é uma mulher de força. Mesmo com um pé na cadeia, chegou para o prefeito e foi firme. “A oposição pensava que o Dr. Hilson ia renunciar, deixar de ser prefeito. Eu bati nas costas do meu marido e disse: ‘Vamos aguentar o que der e vier. Porque você tem uma esposa e eu estarei do seu lado. Só quem me tira de você é a morte'”.

Em tempo

Dr. Hilson, que é médico ginecologista, foi denunciado pelas pacientes por assédio sexual e estupro. Não um ou duas vezes, mas várias. Mesmo forte, Graça deixou transparecer uma pontinha de raiva do marido. “Ele [Dr. Hilson] teve os erros dele. Teve um erro, porque ele não é tão santo, e me traiu pela primeira vez”.

Em tempo II

Graça, Uruburetama sabe que não foi a primeira vez.

Ouça a transparência da primeira-dama