Sete dias da semana sem medo da notícia

Prefeito de Sobral usa guardas municipais para fazer a segurança de Cid

O ex-governador recebe o mimo de Ivo Gomes, mas a tarefa é obrigação do Estado. O pior de tudo é que o adicional pago aos policiais sai do bolso dos sobralenses





Um dos guardas municipais de Sobral que faz a segurança particular do ex-governador Cid Gomes
query_builder

Mais uma maracutaia desvendada em Sobral na gestão de Ivo Gomes. Guardas Municipais cumprem escala de serviço como vigilantes noturnos na casa do ex-governador Cid Gomes, na Serra da Meruoca.

Na escala da Secretaria de Segurança e Cidadania, como investigou o repórter WellingtonMacedo, os agentes Clécio e Sousa são indicados para a segurança institucional sem especificação do local.

Segundo a lei 818/2008, entre outras atribuições, a Guarda Municipal de Sobral deveria zelar pelos bens, equipamentos e prédios públicos, além de atuar preventivamente e permanentemente pela proteção sistemática da população.

Mas enquanto os guardas estão realizando três blitzes diárias, outros cumprem escala diferenciada de 18h até 6h da manhã, de segunda a domingo, na casa do irmão do prefeito Ivo Gomes. E a violência toma conta da cidade.

Grana

No contracheque, os vigilantes da casa de Cid Gomes são pagos pela Secretaria de Segurança e Cidadania de Sobral . Eles recebem até R$ 3.600 mensais de adicionais.

Apesar da escala não informar o local, os agentes foram flagrados em vários momentos entrando e saindo da residência do ex-governador, exatamente nos horários determinados em escala.

O caso já chegou ao Ministério Público e o prefeito mandou mensagem à Câmara tentando consertar o seu erro.

Assista à reportagem de Wellington Macedo