Sete dias da semana sem medo da notícia

Prefeita de Santana do Cariri frauda licitações no transporte escolar desde 2013
Ou seja, isso ocorre desde o primeiro mandato de Danieli Machado
Prefeita de Santana do Cariri, Danieli Machado
22/03 12:50

Um grupo de vereadores de oposição à prefeita de Santana do Cariri, Danieli Machado (PDT), protocolou documento junto ao Ministério Público Federal, ainda em fevereiro, denunciando superfaturamento no transporte escolar do município.

De acordo com a notícia-crime apresentada à Procuradoria Federal pelos vereadores Samuel Werton, Francisco Gildo e Lucas Matias da Silva, há fraude nas licitações no transporte escolar desde o primeiro mandado de Danieli, ainda em 2013.

Uma empresa de georreferenciamento foi contratada para analisar a rota feita pelos transportes e, de acordo com o documento, constatou que há superfaturamento em todas elas.

Divergência

O documento sugere divergências na quilometragem de rotas idênticas em cinco diferentes licitações datadas de 2013 a 2015. A 1ª e a 2ª ocorreram nos dias 5 de março e 29 de julho de 2013, respectivamente. O 3º e 4º certames aconteceram 29 de janeiro e 20 de março de 2014. O 5º processo licitatório analisado foi em 26 de janeiro de 2015.

Segundo consta na queixa, o trecho onde haveria maior superfaturamento é na rota 37 (Serra do Cruzeiro – Dom Leme), que na 2ª licitação (2013) indica percurso de 72 km, mas na 5ª (2015) o mesmo trecho sugere distância de 140 km, uma diferença de 68 km por dia. De acordo com os vereadores, a divergência na quilometragem afeta diretamente o valor final das licitações.

O documento com nove páginas e assinado pelos parlamentares está disponível na íntegra aqui. O texto sugere ainda que há divergências de itinerários e rotas para escolas que não existem mais. A queixa será apresentada na sessão da câmara desta quinta, 22.

Confira o vídeo do site Miséria

Com informações do Miséria



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados