Sete dias da semana sem medo da notícia

Polícia Federal invadiria Sindicato dos Metalúrgicos caso Lula não se entregasse
Pataquada do petista não estava agradando o juiz federal Sergio Moro
Lula no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo
08/04 6:57

O ex-presidente Lula se entregou ontem à Polícia Federal, com atraso de um dia, uma hora, 45 minutos e 28 segundos. Caso demorasse mais, a PF estava pronta para invadir o Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernado do Campo, onde o petista se abrigava desde a última quinta-feira à noite.

Segundo o Blog do Josias, “o Plano B seria colocado em prática na manhã deste domingo, depois das 6h. Agentes federais invadiriam a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, para executar o mandado de prisão emitido por Sergio Moro”. O juiz tinha determinado que Lula se entregasse até as 17h horas de sexta-feira à PF de Curitiba.

Em tempo

Moro, ainda segundo o blog, “em contato com dirigentes da PF, o juiz da Lava Jato revelou-se irritado com a pajelança política promovida por Lula em São Bernardo do Campo”.

Operação de guerra

“Agentes federais estavam acantonados secretamente nas proximidades do sindicato desde a noite de quinta-feira. Mas a PF decidira que só invadiria o bunker de Lula se não houvesse outra alternativa. Ainda assim, com ordem expressa de Moro”, revelou o jornalista Josias de Souza.



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados