SETE DIAS DA SEMANA SEM MEDO DA NOTÍCIA!

06/12/2016 09:41Hs

TRANSIÇÃO DE GOVERNO

Prefeito de Barbalha, Zé Leite, é acusado de ocultar documentos referentes a sua gestão

Denúncia foi apresentada ao Ministério Público do Estado do Ceará

Prefeito de Barbalha, Zé Leite, é acusado de ocultar documentos referentes a sua gestão

A administração do prefeito Zé Leite (PT), de Barbalha, enfrenta mais uma denúncia apresentada ao Ministério Público do Estado (MPCE). Desta vez, o governo do petista é acusado de ocultar documentos
referentes a sua gestão.

Os documentos teriam que ser apresentados à equipe de transição do prefeito eleito Argemiro Sampaio Neto (PSDB). Membro da comissão de transição, o funcionário público e articulador político Francisco Lima, conhecido como Chico Lira, acusa a equipe do atual prefeito de oculta e sumir com documentos referentes à administração.

Segundo ele, nas duas primeiras reuniões foram apresentados os requerimentos com as demandas para iniciar o levantamento, seguido de análise da situação para montagem do relatório final. Nas solicitações, foram requeridos documentos sobre as situações contábil, processos licitatórios, contratos em vigência, convênios, débitos, folha de pagamento de servidores e acerto com credores.

Segundo Chico Lira, muito tempo depois do início da transição, no dia 14 de novembro, começaram a chegar alguns documentos incompletos. Chico Lira dá como exemplo a folha de pagamento que chegou apenas com a lista dos servidores efetivos.

O documento não trouxe qualquer informação sobre a situação dos comissionados e contratados. Segundo ele, uma das preocupações da comissão é justamente com a situação dos comissionados, contratados e
servidores cedidos pelos governos do Estado e Federal. Zé Leite foi acusado pela oposição de gastar cerca de R$ 1,5 milhão somente com servidores cedidos e comissionados.

Leia a matéria completa na edição desta semana do Jornal do Cariri: