SETE DIAS DA SEMANA SEM MEDO DA NOTÍCIA!

08/11/2016 20:21Hs

NOCAUTE NO PLANALTO

Camilo pede audiência a Temer que o recebe ao lado de Eunicio, Tasso e o ministro Helder Barbalho

Governador tentou contratar, sem licitação, a PB Construções para o lugar da Mendes Júnior, na transposição do São Francisco

Camilo pede audiência a Temer que o recebe ao lado de Eunicio, Tasso e o ministro Helder Barbalho

O presidente Michel Temer desmoralizou, na tarde desta terça-feira (8), o governador Camilo Santana. O episódio mostra a inocência política de Camilo. O Governador pediu uma audiência ao Planalto para tratar do colapso do abastecimento d'Água no Ceará. Camilo não aceita assumir sua responsabilidade no problema e quer transferir a culpa para o presidente Temer.

A audiência ocorreu hoje, só que Temer não recebeu Camilo sozinho no seu gabinete do 3º andar do Planalto. Convidou para estar na mesa ao seu lado, o líder do PMDB, senador Eunicio Oliveira, o senador Tasso Jereissati e o ministro da Integração, Helder Barbalho. Ao entrar e ver os dois esperando-o, tomou um susto.

Com a presença dos senadores cearenses e Helder Barbalho, Camilo foi apresentar a Temer a sua proposta de contratar, sem licitação, a construtora PB Construções, no lugar da Mendes Júnior, que deixou a obra de transposição das águas do São Francisco.

Num ambiente onde o governador Camilo ficou sem graça e tentando o tempo todo se justificar por tentar transferir a culpa para Temer, o presidente da República disse que adicionou nos seus cinco meses de mandato R$500 milhões para a obra de transposição. Elevou até R$ 30 milhões por mês para o Ceará investir no combate à seca.

Camilo saiu do encontro desmoralizado pelo presidente Temer. E para piorar, ainda tinha como testemunha das cenas inacreditáveis que ocorreram o seu adversário Eunicio Oliveira.