Sete dias da semana sem medo da notícia

MPF investiga líder político romeno por lavar dinheiro em compra de imóveis no Ceará
Presidente da Câmara dos Deputados da Romênia já é investigado por corrupção. Empresários estrangeiros e brasileiros, além de empresas, também estão sob investigação
09/03 10:17

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) investiga, em cooperação jurídica com autoridades da Romênia, se o presidente da Câmara dos Deputados daquele país, Liviu Dragnea, usou laranjas para lavar dinheiro oriundo de corrupção através da compra de imóveis na praia do Cumbuco, em Caucaia.

Segundo o procurador da República Carlos Wagner Barbosa Guimarães, autoridades romenas já pediram a quebra de sigilo bancário e fiscal dos supostos laranjas, além do levantamento patrimonial dos suspeitos. Dragnea é alvo de investigações por corrupção e já foi condenado a dois anos de prisão por abuso de poder político.

Outros romenos na mira da Justiça

Os empresários romenos Mugurel Gheorgias e Costel Comana também estão na mira do MPF. Mugurel possui investimentos em empresas brasileiras e é suspeito de ser operador de Dragnea. Já os imóveis de Comana no Ceará são alvo de apuração. O empresário foi encontrado, em 2015, no banhero do avião que o levava à Costa Rica e, segundo a polícia do país, cometeu suicídio por enforcamento usando os próprios cadarços. As condições da morte levantaram suspeitas.

Outro investigado é o brasileiro Cauuby Cursino Campos Júnior, sócio de parte das empresas suspeitas de lavagem de dinheiro.

 

Com informações do Diário do Nordeste



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados