Sete dias da semana sem medo da notícia

Moro determina prisão de Lula e petista tem até as 17h de amanhã para se entregar
Decisão ocorre um dia após STF negar habeas corpus do ex-presidente para responder ao processo em liberdade
05/04 18:43

O juiz federal Sérgio Moro determinou, nesta quinta-feira (5), a prisão do ex-presidente Lula (PT), condenado em duas instâncias no caso do tríplex de Guarujá (SP). A decisão vem um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar o habeas corpus pedido pela defesa do petista para que respondesse em liberdade até a última instância do processo.

Pela decisão, Lula tem até as 17h de amanhã (6), para se apresentar voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba. O ex-presidente foi condenado pela 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) a 12 anos e um mês de prisão.

“Relativamente ao condenado e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, concedo-lhe, em atenção à dignidade do cargo que ocupou, a oportunidade de apresentar-se voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba até as 17:00 do dia 06/04/2018, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão”. Lula é acusado de receber o tríplex como propina da construtora OAS em troca de favorecimento da empresa em contratos com a Petrobras. O petista nega as acusações e alega inocência.



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados