Sete dias da semana sem medo da notícia

Menina é salva de bala “perdida” na hora do assalto por uma garrafinha plástica
Objeto desviou a trajetória da bala que poderia ter causado a morte da criança. A menina é filha de um PM que reagiu ao ser atacado por assaltantes. Outra filha do militar foi atingida com um tiro de raspão na barriga

O tiro acertou a garrafinha plástica que a criança levava para a escola

query_builder

Uma simples garrafinha plástica pode ter salvado a vida de uma criança de 3 anos de idade, evitando mais uma morte por bala perdida nas ruas de Fortaleza. O fato curioso ocorreu no começo da tarde desta quarta-feira (6) na zona Sul da Capital, quando um sargento da Polícia Militar saía de casa para ir deixar as duas filhas na escola e acabou sendo atacado por assaltantes.

O fato ocorreu no Conjunto Novo Mondubim. O PM (identidade preservada) estava saindo de sua residência com a filha mais nova, de apenas 3 anos de idade; e com a mais velha, uma adolescente de 13 anos. No momento em que ele entrava no carro, percebe  a chegada brusca de dois homens numa motocicleta. O militar percebeu que se tratava de um assalto e buscou abrigo para reagir contra os criminosos e salvar suas filhas.

Ao perceber a atitude do PM, o assaltante que estava na garupa da motocicleta descarregou sua arma contra o veículo do militar. Foram seis tiros. Um deles acertou uma garrafinha plástica com água que estava com a menina de 3 anos e a bala mudou a trajetória. A menina se salvou. Já a irmã dela, de 13 anos, sofreu um tiro de raspão no abdome, foi levada um hospital e já recebeu alta.

Prendeu o ladrão

Após proteger as crianças, o militar perseguiu os criminosos e acabou prendendo um deles, identificado como Elano Bastos Gomes, 30 anos, que já possui extensa ficha de crimes. Com ele, foi apreendida a arma com as cápsulas das balas que ele havia disparado contra o PM e as crianças.  O parceiro dele, que pilotava a moto, conseguiu fugir, mas já foi identificado e está sendo procurado.

A Polícia deteve também um homem que estava nas proximidades do local do atentado. O suspeito dirigia um veículo HB20 e, supostamente, estaria dando “cobertura” aos assaltantes na motocicleta. O caso ainda está sendo investigado.