Sete dias da semana sem medo da notícia

Médico é preso e pega 21 anos de cadeia por tentativa de estupro em consultórios
Célio Neves Retondaro, de 70 anos, era perito do INSS no Rio de Janeiro e praticava os crimes sexuais dentro de consultórios públicos. Caso se assemelha ao do prefeito de Uruburetama, Dr. Hilson


query_builder

O médico e perito do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) Célio Neves Retondaro, de 70 anos, foi preso no último dia 15 em Petrópolis, na Região Serra do Rio de Janeiro, pelos crimes de violação sexual mediante fraude e de tentativa de estupro ocorridos dentro de um consultório de um posto do INSS. O criminoso foi condenado pela Justiça Federal após decisão do Tribunal Regional Federal a uma pena de 21 anos e seis meses de prisão.

A notícia da prisão de Célio traz esperança à população de Uruburetama, que clama justiça contra o prpfeito e médico ginecologista Dr. Hilson (PCdoB), acusado de estupros, abusos, assédio sexual e até pedofilia durante seus atendimentos em consultórios públicos e privados. A cada dia surgem novas vítimas do gestor gravando vídeos denunciando as práticas criminosas de Hilson durante os atendimentos.

O afastamento do prefeito de Uruburetama, Dr. Hilson, já está sendo analisado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).