Sete dias da semana sem medo da notícia

Marco Aurélio Mello, do STF, defere liminar para soltar Eduardo Cunha
Apesar da decisão, deputado cassado continuará preso devido a outra condenação
28/06 18:31

O ministro Marco Aurélio Mello deferiu, nesta quinta-feira, uma liminar para soltar o deputado cassado Eduardo Cunha, no âmbito da Operação Manus, que investiga irregularidades na construção da Arena das Dunas, em Natal. Cunha e Henrique Eduardo Alves, também ex-presidente da Câmara são investigados na ação.

Apesar da decisão, Eduardo Cunha continuará preso em Curitiba, pois tem outra condenação por seu envolvimento em desvios em investimentos do FI-FGTS.



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados