Sete dias da semana sem medo da notícia

Heitor quer que conselheiro do extinto TCM assuma vaga no TCE

Durante processo de extinção do órgão, Domingos Filho acusou Ernesto Saboya de vender TCM em troca de vaga no TCE





Deputado Heitor Férrer / Foto: Junior Pio
query_builder

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB), autor da proposta que extinguiu o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), defendeu, nesta quarta-feira (13), que a vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE), com a aposentadoria do conselheiro Teodorico Menezes, deve ser preenchida por um dos sete conselheiros do TCM, postos em disponibilidade após a extinção da instituição.

Durante o processo de extinção do TCM, o presidente do órgão, Domingos Filho, chamou o conselheiro Ernesto Saboya de “vendilhão” e o acusou de vender a extinção da instituição em troca de um cargo como conselheiro do TCE. O acordo teria sido feito com o grupo político dos Ferreira Gomes.

A Assembleia decretou a extinção do TCM duas vezes, a primeira acabou sendo barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Nas duas ocasiões, a aprovação das propostas de Heitor Férrer contra o tribunal foi financiada pela base dos Ferreira Gomes na Casa.