Sete dias da semana sem medo da notícia

Empresário chantageia prefeito de Uruburetama para que ele renuncie por assédio
Leonardo Bezerra foi gravado fazendo proposta para que Dr. Hilson largasse a prefeitura, senão fotos e vídeos de suas aventuras sexuais com pacientes viriam a público. A estratégia para a queda do gestor também conta com o apoio do ex-prefeito de Granja Romeu Aldigueri
Dr. Hilson e Graça Paiva
13/03 9:02

O empresário Leonardo Bezerra foi grampeado ao chantagear o prefeito de Uruburetama, Dr. Hilson (PCdoB), e a primeira-dama Graça Paiva. Em uma reunião com os dois, ele diz estar com fotos e vídeos comprometedores, em que o gestor — que é médico ginecologista — aparece fazendo sexo com pacientes nos consultórios da Prefeitura.

“É TV Globo, é Diário do Nordeste, é tudo. É pra arrombar”, diz Leonardo. Aí Graça pergunta: “Mas por quê? Por que ele fez isso? Ele pegou alguma dessas forçado?”.

Leonardo afirma, então, que “há várias pessoas em cima do Alexandre [vereador do município e filho do vice-prefeito] querendo essa tragédia”. O empresário explica que estava em Gramados, quando Romeu Aldigueri, com quem tem negócios em Granja, ligou e mandou ele ir pegar as provas dos assédios de Dr. Hilson.

Entenda a trama

Leonardo fala que perder uma prefeitura é diferente de perder uma vida, e ainda ameça que, com essas fotos e vídeos, vão querer desarquivar processos antigos, em que Dr. Hilson é acusado de estupro.

Tanto o vereador Alexandre Nery e o vice-prefeito, Dr. Artur, em entrevista ao Ceará News 7, garantiram que não sabiam do esquema de Leonardo Bezerra e Romeu Aldigueri.

Em tempo

Nos áudios, também é possível ouvir que a primeira-dama Graça Paiva sabia das aventuras sexuais do prefeito Dr. Hilson — e achava natural.

Leonardo ameça colocar tudo na Globo

Romeu Aldiguere quer a queda de Dr. Hilson

Mais chantagens de Leonardo Bezerra



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados