Sete dias da semana sem medo da notícia

Emparedado por Ciro, Camilo avisa a Cid que mantém chapa com Eunício nas Eleições
Recado do governador é uma resposta à fala do presidenciável do PDT
Governador Camilo Santana (PT) e presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB)
14/04 11:30

O governador Camilo Santana (PT) mandou avisar ao ex-governador Cid Gomes (PDT) que não trairá Eunício Oliveira nas Eleições de outubro próximo. O medebista terá uma vaga em sua chapa para disputar a reeleição ao Senado. O recado de Camilo é uma resposta à fala do presidenciável Ciro Gomes (PDT) publicada no jornal Diário do Nordeste deste sábado (14). Nela, o FG afirma que não será fotografado no mesmo palanque com Eunício.

Ciro explica que ainda é muito recente a troca e insultos entre eles. Tando pela eleição passada de governador, em que Eunício era adversário de Camilo, quanto à reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), quando o presidente do Senado apoiou Capitão Wagner, opositor ferrenho da família Ferreira Gomes.

“Assentado em pesquisas, ainda não há naturalidade da percepção popular para isso”, disse Ciro ao jornal.

Falando em Eunício…

A prisão do ex-presidente Lula na Lava Jato ampliou o acirramento político e a divisão ideológica entre os brasileiros. A polarização política continua fazendo vítimas.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), e o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) foram alvos de agressões verbais no Aeroporto de Dubai, ontem (13), em uma sala VIP da companhia Emirates. Eles aguardavam uma conexão para levá-los ao Japão, onde participam de intercâmbio parlamentar.

Um brasileiro — ao que tudo indica um gaúcho, presente na mesma sala — fez discurso chamando Eunício e os outros dois senadores de ratos nojentos e vagabundos. E ainda arrematou com: “ladrões nojentos”.

 

 



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados