Sete dias da semana sem medo da notícia

Com medo da aposta, DEM vai adiando apoio à candidatura de Ciro Gomes
FG fala basteira demais e não precisa de inimigos para prejudicar a própria intenção de chegar ao Planalto
Ciro Gomes e a papada
05/07 11:35

A língua solta do presidenciável Ciro Gomes (PDT), mais uma vez, atrapalha e o DEM adia a escolha de quem vai apoiar para o Planalto. Rachado, o partido resolveu que só baterá o martelo após o dia 20 de julho. Antes, o anúncio seria no dia 16.

O destempero verbal de Ciro o atrapalha dentro do DEM, em que seu maior aliado, presidente nacional ACM Neto, não consegue impor sua preferência diante do crescimento do nome do tucano Geraldo Alckmin.

Em tempo

Segundo a Coluna do Estadão, de Andreza Matais, desta quinta-feira (5), caso todos os planos de Ciro deem certo, o PDT já definiu o papel que casa partido terá caso se consolide uma aliança em torno do FG.

O PSB vai influenciar no campo mais ideológico; DEM, PP e Solidariedade ajudarão a fortalecer o governo com empresariado e a manter um bloco com poder na Câmara.



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados