Sete dias da semana sem medo da notícia

Colunista da Veja afirma que Ciro trata eleitores de Sobral como escravos

Augusto Nunes diz ainda que Ciro renega passado de apoiador da ditadura militar e aliança com elite política





query_builder

O colunista da Veja Augusto Nunes teceu duras críticas ao presidenciável Ciro Gomes (PDT) em entrevista à Jovem Pam e em sua coluna, 1 minuto. Entre os ataques, o jornalista afirmou que Ciro “renega o passado com uma tranquilidade, que é a tranquilidade dos caras que não tem compromisso”, lembrando que o ex-ministro, que hoje tenta se passar por líder da esquerda, começou a carreira política defendendo a ditadura militar e com o apoio da elite política da época.

“O Ciro Gomes é um cara que amanhã desmente o que disse hoje e assim suscetivamente. Depois de ter desmentido hoje o que disse ontem. Então, não dá para confiar num cara assim”. Ao ser perguntado se compraria um carro usado de Ciro Gomes, Augusto respondeu: “Só depois de conferir o porta-mala para ver se tem algum eleitor do curral eleitoral dele, Sobral, que é a cidade onde ele vive com a família, porque eles votam como escravos e são tratados como tal”.

Confira: