Sete dias da semana sem medo da notícia

Argemiro e Fernando sob bandeira branca
query_builder

O prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, foi pego de surpresa com o convite do petista Fernando Santana para conversar sobre a pauta de investimentos para o Município. Fernando sugeriu que Argemiro aceitasse uma parceria com o Governo do Estado para viabilizar obras para o Município.

Com o sinal verde do tucano Argemiro, a conversa aconteceu na casa do prefeito, com a presença do sub-chefe da Casa Civil, Quintino Vieira, e do vereador Rildo Teles. Para garantir que não haveria discordância entre o que foi acordado e o que poderia sair para a população como definição, tanto Fernando quanto Argemiro transmitiram a conversa ao vivo pelos seus perfis nas redes sociais.

No acordo fechado, Barbalha deve ganhar de imediato três areninhas, três brinquedopraças e outras obras de pavimentação. Para garantir a contrapartida, Argemiro teve que abrir mão de um projeto próprio.







Samuel abandona PSDB e oposição
query_builder

O ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe, reuniu, no fim de semana, seus apoiadores no tradicional Crato Tênis Clube. No encontro, Samuel anunciou seus votos para 2018. Vai votar em Denis Bezerra para federal e dividir a base para estadual. Denis é filiado ao PSB, partido da base aliada do governador Camilo Santana.

Os outros nomes são o petista Fernando Santana e o pedetista Guilherme Landim. No Crato, Cícero França deve coordenar a campanha de Fernando, enquanto o ex-vereador Guer assumirá a campanha de Guilherme Landim. Sobre a decisão, Samuel não deu maiores motivos. Deixou implícito esperar em troca a neutralidade do Governo Camilo na eleição municipal de 2020. Na verdade, Samuel quer indicar o vice na chapa apoiada à Prefeitura.







Câmara pressiona firmemente a Bender
query_builder

Mais uma vez, o empresário Gilmar Bender está envolvido em polêmica. Bender terá que provar à Câmara de Juazeiro do Norte que ele e a empresa Carajás Home Center falaram a verdade ao prometer mais de 500 empregos para a população da cidade. As contratações não passaram de 200. O problema não é mentir para os vereadores e ao povo juazeirense.

A dor de cabeça maior para Bender está no fato da promessa ter sido garantida em contrato, aprovado pela Câmara e não cumprida pela empresa. Essa mentira da Carajás Home Center deve custar caro: no plenário do Legislativo, há quem radicalize e peça a imediata abertura de processo para anular a doação da rua à Bender, para viabilizar a construção desse empreendimento paraguaio.

Contudo, para não aumentar a crise, vereadores resolveram dar tempo a Bender e a Carajás: terão dois anos para gerar os 500 empregos. Esse o prazo do contrato. Se até novembro de 2019 não cumprirem o que está escrito, a Câmara pedirá a anulação da doação. Esse episódio implode as chances políticas de Bender.







Cid tira PTB do blocão ao lado do PDT
query_builder

Estranhamente, o todo poderoso Cid Gomes não incluiu o PTB do prefeito Arnon Bezerra no blocão que pretende eleger 16 dos 22 deputados federais cearenses. A exclusão do PTB passou longe de uma discussão com o governador Camilo ou mesmo com o próprio Arnon.

Cid decidiu que o blocão será formado pelo PDT , PP, PR, DEM e partidos menores como PSB, PCdoB, PHS. O PT definiu que sairá sozinho. O mesmo Cid resolveu que o PTB sairá com o PV, o PSC e o MDB. Arnon ainda não se manifestou sobre essas coligações.







Ciro prepara golpe para anistiar todos
query_builder

Durante suas articulações com as direções do DEM, PP, PR, Solidariedade e PRB, o presidenciável Ciro Gomes confessou que, se conseguir a adesão desses partidos e for eleito em outubro presidente do Brasil, irá dar um basta na Lava Jato. O juiz Sérgio Moro não irá mais permanecer prendendo ninguém. Essa é a promessa de Ciro, que se comprometeu até a anistiar dezenas de políticos envolvidos com corrupção.

A idéia não é apenas de Ciro. O presidente Michel Temer, juntamente com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o senador Aécio Neves, articulam uma anistia ampla e geral para todos os políticos corruptos. Quem está mais interessado nessa anistia é Cid Gomes, que se for beneficiado com ela, concorrerá ao Senado. Cid crê que a memória do povo cearense é curta, e essa manobra suja não irá atrapalhá-lo se for imposta pelos caciques em Brasília.







Cid Gomes vive cerco pela Lava Jato
query_builder

Cid Gomes pensa em ser apenas o coordenador da campanha de Ciro Gomes. Não irá se envolver nem na campanha do governador Camilo Santana. Tanto, que o marqueteiro de Ciro será Manoel Canabarrro, investigado por ter recebido propina da JBS via Cid. Camilo demitiu Canabarro e ainda não anunciou quem será seu marqueteiro. O nome mais cotado é de Fabner Utida. Nada está confirmado. O temor de Cid é justificado.

Na sexta passada, o empresário Joesley Batista, da JBS, foi mais uma vez denunciado por fraudes generalizadas. Joesley confessou ter pagado R$
24 milhões e mais U$ 1 milhão a Cid.

Não bastasse esse crime, surgiu outra delação que pode atingir em cheio o ex-governador cearense: o doleiro Mario Cursini denunciou que, em 2007, pagava U$ 1 milhão de propina a políticos cearenses, a mando das empreiteiras OAS e Camargo Correia. Para onde Cid se vire tem escândalo.







Ação se justifica para proteger Lula e Cid
query_builder

O gesto de Guimarães e André é facilmente explicável. Ao bancarem uma CPI na Câmara dos Deputados contra a Lava Jato, os dois caciques do PT e do PDT querem se credenciar para tirar Lula da cadeia e barrar a continuidade das investigações contra o ex-governador Cid Gomes. Desse modo, ganham a simpatia dos Ferreira Gomes e votos para suas reeleições.

Porém, a situação de Lula é desconfortável. O Supremo Tribunal Federal (ST F) cancelou o julgamento de seu habeas corpus, marcado para esta terça. Assim, Lula continuará preso por mais uma longa temporada. Já Cid vive aterrorizado com medo de ser preso a qualquer momento.

A transferência do processo dos desvios da cervejaria Itaipava para Curitiba, aos cuidados de Sérgio Moro, tem tirado o sono de Cid. Sua agonia é tão grande que ele tem repetido a vários interlocutores sua disposição de sequer ser candidato este ano.







Lava Jato continua na pauta da Câmara
query_builder

O presidente Rodrigo Maia deve anunciar, ou não, esta semana, a instalação da CPI da Lava Jato. Dos 11 deputados federais do Ceará que assinaram o pedido para implementar essa comissão, que tem o objetivo de implodir as investigações contra a corrupção no Brasil, somente dois não recuaram em suas intenções e se mantêm firmes para barrar as investigações comandadas pelo juiz Sérgio Moro.

A dupla com forte presença política no Cariri terá de dar justificativas por não querer que os políticos do Brasil fiquem impunes ao desviarem recursos públicos é formada pelo petista José Guimarães e pelo o líder do PDT , André Figueiredo. Guimarães alega que nenhuma CPI tem poder de barrar o combate à corrupção. Já André tem permanecido em silêncio.







Guilherme Landin trabalha pessoalmente
query_builder

O pré-candidato a deputado estadual, Guilherme Landim (PDT), está tendo de evitar conflitos nos seus nove colégios eleitorais no Cariri.

Os prefeitos que votam nele passam por desgastes e não estão conseguindo juntar lideranças para alavancar a sua candidatura e a do deputado federal Antonio Balhamm, implicado no recebimento de propina da JBS.

Destemido, o próprio Guilherme tem viajado por todo Cariri para buscar seus votos, pois sabe que não pode vacilar num ano eleitoral onde a população resiste em votar.

 







Fernando muito solidário ao Leitão
query_builder

Apesar de estarem concorrendo ao mesmo cargo, os pré-candidatos Fernando Santana e Leitão Moura têm demonstrado muitas afinidades.

Durante a abertura das festividades de aniversário do município do Crato, Fernando observou que Leitão chegou e não foi convidado para subir ao palanque das autoridades.

A falha da organização deixou Leitão intimidado. Ao ver Leitão deslocado, Fernando desceu, trouxe para o palanque e o colocou na frente.

Ao lado do prefeito Zé Ailton Brasil, do deputado André Figueiredo e vários vereadores, Leitão acabou sendo um dos mais prestigiados.

Fernando afirmou que Leitão é um nome de grande qualidades para representar o Cariri na Assembleia Legislativa. Fernando, Leitão e Rafael Branco disputam o apoio do prefeito Zé Ailton.