Sete dias da semana sem medo da notícia

Ciro vai ter de engolir a dobradinha Camilo-Eunício nas Eleições de outubro
Estadão mostra que tem muita gente envolvida na reeleição do petista no Ceará. Isso passa, necessariamente, pelas mãos do presidente do Senado

Eunício Oliveira e Ciro Gomes
25/05 11:42

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) até que tentou jogar mandinga na chapa Camilo-Eunício para as Eleições de outubro próximo no Ceará, mas não conseguiu. O governador Camilo Santana (PT) foi firme em dizer que não trairia o senador Eunício Oliveira (MDB), que tanto ajudou o Estado à frente da Presidência do Senado.

O Estadão de hoje (25) mostra que 24 partidos estão envolvidos para que o governador seja reeleito. Isso passa, necessariamente, pelas mãos de Eunício. Ciro, querendo ou não, vai ter de engolir o medebista — que, convenhamos, não é mais um desafeto político dos maiores.

Eunício chegou a dizer, no último sábado em Sobral, que “nós temos agora, bem pertinho, mais na frente, a oportunidade de dizer ao Brasil que o Nordeste tem condições de avançar muito mais pelas mãos de um outro nordestino”.

Em tempo

Segundo a matéria do Estadão, Eunício foi responsável por trazer para o grupo de Ciro partidos como o MDB, PR, PRB e, mais recentemente, o Solidariedade. “Até então opositores ferrenhos, os dois fizeram pacto de não agressão e devem estar no mesmo lado na campanha deste ano”, explica o jornal.

Confira a matéria



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados