Sete dias da semana sem medo da notícia

Ciro menospreza DEM e PP e apela para que Cid tente reverter a lambança
Partidos de centro-direita não ficaram muito contentes com a declaração do FG

Cid e Ciro

query_builder

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) diz por aí que mudou, que não fala mais besteira e que está focado em ser uma pessoa equilibrada. Mas na prática, a teoria é outra. Na semana passada, na Argentina, ele afirmou que sua prioridade era fazer aliança com o PSB e o PCdoB, só depois pensaria em algo com o PP e o DEM. Os dirigentes dos partidos de centro-direita não gostaram da declaração, porque foram tratados como mero apêndice de segunda linha, em uma eventual dobradinha nas eleições.

Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Ciro Nogueira (PP-PI), nomes fortes das siglas que estavam inclinados a apoiar Ciro, ficaram com muitos pés atrás com relação ao FG. Para tentar reverter a lambança, segundo o Estadão, o presidenciável pediu que o irmão Cid Gomes (PDT) conversasse com os dirigentes dos dois partidos para dizer que tudo não passou de um grande mal-entendido.

Em tempo

Confira qual foi a fala completa de Ciro na Argentina.

“Nesse primeiro momento, minha prioridade é o PSB e o PCdoB. Se esta aliança se faz, posso avançar em partidos do centro à direita, porque a hegemonia moral e intelectual do rumo estará afirmada. Poderia incluir o PP e o DEM, desde que eu tenha o PSB e o PCdoB”, afirmou Ciro.