Sete dias da semana sem medo da notícia

Cancelamento de visitas íntimas por ordem judicial causou guerra do GDE em Juazeiro
Camilo não pode mais adiar a demissão dos secretários André Costa e Socorro França. Ambos estão liquidando com sua imagem

Camilo Santana
13/05 15:50

A guerra hoje (13) em Juazeiro do Norte decretada pelo GDE tem um responsável: Izabeliza Silva Campos,diretora da Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC). Nomeada pela secretária de Justiça, Socorro França, essa agente penitenciária tem que ser demitida imediatamente como também a própria secretária que perdeu totalmente o controle da sua pasta.

Como na PIRC há mil presos e apenas 12 agentes penitenciários, esses encarregados da segurança interna da cadeia foram até o Poder Judiciário implorar pela proibição das visitas íntimas neste domingo, Dia das Mães. O juiz Péricles Victor Galvão de Oliveira, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro do Norte, proibiu a pernoite. A previsão era que 400 esposas e namoradas passariam a noite dentro da PIRC.

Os 12 agentes confesssaram à diretora Izabeliza Campos não terem condições de garantir tranquilidade na cadeia. A reação dela foi de indiferença. Não se sabe sequer se comunicou o fato à superiora, secretária Socorro França. Como a diretora da PIRC nada fez, os agentes prisionais conseguiram barrar a visita íntima marcada para hoje. Ao serem informados ontem da decisão, os líderes do GDE no presídio definirão reagir e “tocar o terror” – expressão deles em Juazeiro.

O governador Camilo Santana não pode mais adiar a demissão dos secretários André Costa e Socorro França. Ambos estão liquidando com sua imagem. E agora, no Cariri, onde é maior sua popularidade.



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados