Sete dias da semana sem medo da notícia

Caio Asfor e Sérgia Miranda à frente de esquema que tirou R$ 7 milhões de empresário

Advogado Caio Asfor e desembargadora Sérgia Miranda

query_builder

O empresário Gilberto Martins Borges, da Simcol, deu entrada no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com pedido de ressarcimento de R$ 7.045.942,77 retirados indevidamente pelo escritório Rocha, Marinho e Sales, de Caio Asfor, por determinação da desembargadora afastada do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) Sérgia Miranda.

No documento, Gilberto alega que Sérgia Miranda é “investigada por suspeita de venda de liminar”. Já o escritório de advocacia Rocha, Marinho e Sales, ainda segundo o empresário, teria armado esquema com a desembargadora para conseguir a liberação do pagamento de honorários indevidos.

Confira o documento na íntegra