Sete dias da semana sem medo da notícia

Após PT recusar chantagem de FGs, Ivo recua e critica os dois presidenciáveis
Ciro cobrou alto preço por seu total apoio e Haddad recusou proposta do pedetista
Ivo Gomes
11/10 15:22

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), usou as redes sociais, nesta quinta-feira (11), para criticar o posicionamento nacional do PDT de “apoio crítico” à campanha de Fernando Haddad (PT) a presidente. “Embora haja um mal maior, nenhum dos dois projetos serve ao Brasil”, afirmou Ivo.

“Mt obg a tds de Sobral pelo apoio nessas eleições. Ganhamos todas aki! A retribuição é mais trabalho!!! Já dei a minha opinião ao meu partido em relação ao seu posicionamento no segundo turno: #eleNão e oposição a quem quer q vença as eleições. Embora haja um mal maior, nenhum dos dois projetos serve ao Brasil” (sic), declarou Ivo.

O recuo no apoio e a crítica a Haddad são uma resposta à negativa do PT em aceitar a chantagem imposta pelos Ferreira Gomes. Ciro Gomes (PDT) cobrou um preço alto pelo seu apoio e teve a proposta recusada pelo ex-prefeito de São Paulo. Irritado, Ciro planeja deixar o país.

Confira a postagem:

 



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados