Sete dias da semana sem medo da notícia

André fica falando sozinho contra aliança PT-PDT-PMDB com silêncio cúmplice de Ciro


query_builder

O deputado federal André Figueiredo negou, durante o encontro do PDT Ceará realizado nesta quinta-feira (12), qualquer aliança com o PMDB para as eleições 2018. Segundo o parlamentar, a aproximação entre o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), o governador Camilo Santana (PT) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB) é apenas “institucional”.

André Figueiredo falou sozinho no encontro contra a aliança que está se formando entre PT-PDT-PMDB. Até o presidenciável Ciro Gomes (PDT), maior empecilho à oficialização da aliança, desconversou e preferiu dizer que não era o momento para discutir as parcerias para 2018. O mesmo tom que está sendo usado pelo seu irmão Ivo Gomes, prefeito de Sobral.

Ainda durante o evento, André confirmou o ex-governador Cid Gomes (PDT) disputará uma cadeira no Senado pela chapa pedetista. Inicialmente, André seria o nome do partido para a segunda vaga ao Senado, porém, com o avanço nas tratativas sobre a aliança PT-PMDB-PDT, o deputado deve ficar de fora da disputa por uma cadeira na Câmara Alta.