Sete dias da semana sem medo da notícia

Além de estuprador, prefeito de Uruburetama é acusado de pedófilo por mãe da vítima
Em vídeo, dona Maria Margarida Coutinho Barroso fala arrependida que não acreditou no que a filha falou sobre Dr. Hilson

Dr. Hilson clinicando

query_builder

O prefeito de Uruburetama, Dr. Hilson, além de ser acusado de estuprador, agora, tem de se defender de mais um crime: pedofilia. Dona Maria Margarida Coutinho Barroso gravou vídeo lamentando, amargamente, que não acreditou na filha menor de idade quando ela disse que tinha sido molestada pelo médico ginecologista. “Aí, eu peço a todas as mães que tiverem alguma filha que se sinta ou que tiver se sentido abusada por ele que fale. Ele era um médico de confiança na cidade. Meu pai só faltava dar a vida por ele. Aí, quem era capaz de falar mal do Dr. Hilson?”.

Maria Margarida ainda relata que o prefeito usou um tubo de desodorante roll-on na consulta da filha. “Ele usava nela também um aparelho que não era de médico. Não era um aparelho normal para um médico usar. Colocar um roll-on na vagina da minha filha. Ela não se sentiu bem, ela chegou em casa apavorada. Ela disse que nunca mais na vida ela ia àquele médico. Nunca mais”.

Arrependimento

A mãe fala que a filha contou o caso para ela e para amigas, mas ninguém acreditou. “Hoje, onde ela está, em Brasília, ela recebe telefonema das pessoas pedindo perdão, desculpa, de não terem acreditado nela. Ela tem mágoa de mim. Eu como mãe deveria ter acreditado nela e não acreditei. Eu não acreditei porque ele era muito querido pela família”.

Dona Maria Margarida se diz muito arrependida. “Há muitos anos, as pessoas chamavam ele de estuprador e essas coisas, mas eu não sabia que ia aparecer tanta coisa grave. Ele era o médico da cidade, o pessoal chamava ele até de “Mão Santa”, porque adorava ele demais. Mas sempre apareceu esses comentários”.

A costureira pede que a Justiça de Deus seja feita e reforça o alerta: “Muitas mães não façam o que eu fiz, porque eu não acreditei na minha filha”.

Assista ao depoimento emocionado da mãe