Sete dias da semana sem medo da notícia

Acrísio fala que faltou ouvir trabalhadores na proibição de ambulantes no Castelão
"É não entender a situação de desemprego na nossa cidade e a importância daquele comércio para sobrevivência de milhares de famílias", explicou o vereador
Vereador de Fortaleza Acrísio Sena
04/03 9:00

O vereador de Fortaleza, Acrísio Sena (PT), em texto enviado ao Ceará News 7, disse que faltou diálogo com trabalhadores na proibição de ambulantes no entorno do Castelão.

“Trata-se de um equívoco achar que o problema da segurança está no comércio ambulante. É não entender a situação de desemprego na nossa cidade e a importância daquele comércio para sobrevivência de milhares de famílias”, explicou Acrísio.

Leia o texto do vereador na íntegra

Proibição de ambulantes no entorno do Castelão: Faltou ouvir os trabalhadores!

Discutir a segurança nos estádios é uma causa justa. Porém, a decisão tomada na sexta feira, dia 2/3/18, pelas autoridades e clubes de futebol é antidemocrática e penaliza os trabalhadores que sobrevivem do comércio ambulante no entorno do Castelão.

A segurança pode também ser perfeitamente construída com os vendedores ambulantes. Lembro que em 2016, definimos com a Secretaria Regional 6, Câmara Municipal e vendedores ambulantes medidas como a distância de 100 metros do estádio para as vendas e a proibição de bebidas em garrafas de vidros.

Trata-se de um equívoco achar que o problema da segurança está no comércio ambulante. É não entender a situação de desemprego na nossa cidade e a importância daquele comércio para sobrevivência de milhares de famílias.

Acrisio Sena

Vereador



*Publicidade

Publicidade


Leia Também

Links Patrocinados